Partilhar

quarta-feira, 21 de junho de 2017

CIEJA no 11ª Mostra Cinema e Direitos Humanos

Um orgulho e privilégio termos podido participar da abertura da 11ª Mostra Cinema e Direitos Humanos no dia 20 de julho de 2017 na Biblioteca Mário de Andrade.

Recebemos o convite da sra. Raquel do Programas Especiais da DRE Jaçanã/ Tremembé e não pensamos duas vezes... lá fomos nós rumos ao centro de Sampa curtir, sentir, viver e experienciar tudo o que merecemos como educandas/ os da EJA.


Ao chegarmos fomos recepcionadas/ os por um belo repertório de música erudita. Alimento melhor do que esse impossível. Mas fomos convidadas/ os a participar de um coquetel delicioso de comidas veganas, ou seja, aprendemos, experienciamos e degustamos na prática sobre consciência corporal e planetária.

Aí sim... nos dirigimos a bela sala de cinema da Biblioteca Mário de Andrade onde diversas autoridades abriram o evento discursando a respeito da importância dos Direitos Humanos em nossa sociedade e de defendermos as mulheres e pessoas com deficiências nos mais diversos âmbitos sociais e políticos.












Realizado todo esse movimento, assistimos a dois ótimos curtas-metragens. O primeiro deles foi "Depois que te vi" (Brasil, 2016, 16 min) de Vinicius Saramago.


Na sequência vimos "De que lado me olhas" (Brasil, 2014, 15 min) de Ana Carolina de Azevedo e Helena Sassi.


E ao final ainda nos presentearam com sacolas com sabonete líquido ou esmalte. Uma noite de glamour ao estilo da 7ª Arte. Felizes estamos!


Marcos Eça

quarta-feira, 14 de junho de 2017

CIEJA CINECLUBE: HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO

Segunda quarta-feira de cada mês é dia de sessão de cinema no CIEJA Vila Maria/ Vila Guilherme. Hoje nos encontramos para assistirmos ao filme "Hoje eu quero voltar sozinho" de Daniel Ribeiro.
Após a exibição do longa-metragem começamos nossa conversa falando sobre nossas impressões do filme, sobre os temas abordados nele e discutimos muito o que é ser adolescente hoje em dia e os conflitos vividos pelos adolescentes no mundo atual. Conversa madura e das boas que nos faz pensar em uma educação cada vez mais voltada para a escuta, interlocução e narrativa. Caminhos que sempre tentamos seguir... Bom feriado a todas/os!





Marcos Eça

segunda-feira, 12 de junho de 2017

RESPEITAR AS DIFERENÇAS - Módulos 2C e 2D

RESPEITAR AS DIFERENÇAS

Um dos maiores desafios está na aceitação às diferenças que existem entre as pessoas, e essas diferenças são imprescindíveis para o progresso tanto individual quanto coletivo dos seres humanos.
Pensando nisto, em consonância com o nosso Projeto do 2º Bimestre, nossos alunos realizaram um trabalho que mostra bem o quão bela é a diversidade.
Vale a pena conferir!

Professora Vânia Martins
Módulos 2C/2D
 
 

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Projeto Colcha de Textos

O projeto Colcha de Textos  é a finalização da temática Direitos Humanos: Violência contra a mulher, da área Linguagens e Códigos. Durante o bimestre propomos a apreciação, leitura e estudo de vários textos informativos, poéticos, curtas-metragens que abordam a questão. Percebemos que o conto A Moça Tecelã, de Marina Colasanti, se estendeu além do planejado. Homens e mulheres, adolescentes e adultos, enredaram nas tramas de uma moça que, ao se dar conta de sua solidão, resolve tecer um companheiro.  No entanto, o que deveria ser happy end transforma-se em escravidão. Seu príncipe encantado descobre o poder do tear e lhe impõe uma vida de trabalhos e isolamento.
Dando continuidade às discussões envolvendo percepções tão profundas sobre a realidade feminina, planejamos uma produção de texto que também proporcionasse a (re)criação da realidade. Assim com a proposta: se você tivesse o poder da moça tecelã, o que teceria e desteceria? Após a escrita, socializamos as produções textuais, refletimos sobre as adequações da linguagem e, finalmente todos (as) foram convidados (as) a escrever nos tecidos de EVA coloridos e costurarem seus tecidos textos, formando uma colcha de desejos, sonhos e realizações. Afinal somos partes do todo!
                                                    
Professora Lourdes Silva


















Marcos Eça

terça-feira, 6 de junho de 2017

CIEJA CINECLUBE: 14 de junho das 15:00 às 17:30

CIEJA CINECLUBE


filme: HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO


QUANDO: 14/06/2017 (QUARTA-FEIRA)     
DAS 15:00 ÀS 17:30

ONDE: NO AUDITÓRIO DO CIEJA



NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS



QUEM PODE PARTICIPAR: ALUNOS, EX-ALUNOS, PROFESSORES, FUNCIONÁRIOS, COMUNIDADE. 

APÓS A PROJEÇÃO DO FILME HAVERÁ DEBATE MEDIADO PELA PROFESSORA LOURDES JOSÉ DA SILVA E PELO COORDENADOR PEDAGÓGICO MARCOS EÇA.


                                                                                  Marcos Eça

2ª Reunião do Emprego Apoiado

Na última quinta-feira, 01 de junho, realizamos a 2ª reunião do Emprego Apoiado em parceria com a APAE São Paulo.

Estava presente a funcionária da APAE Márcia Lucca que compareceu ao CIEJA para tratar de diversas questões referentes ao mundo do trabalho relacionado a pessoas com deficiência. O objetivo é que essas pessoas (no caso alunos do CIEJA Vila Maria) ingressem no mundo do trabalho e permaneçam nele tendo cada vez mais autonomia. Em outras palavras: nosso grande objetivo é que a inclusão dê certo e que os alunos trabalhem por muito e muito tempo tempo.

Assistimos aos seguintes vídeos e discutimos diversas questões referentes às pessoas com deficiência na sociedade brasileira:





Acompanhe alguns momentos de nossa reunião e lembramos que a próxima reunião ocorrerá no dia 22 de junho às 10:30 na Sala de Leitura do CIEJA e será apenas com os estudantes.







Marcos Eça

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Reunião com os funcionários do CIEJA Vila Maria/ Vila Guilherme

No dia, 26/05, realizamos uma reunião com toda equipe de apoio para agradecer o empenho de todas/os e reforçar a busca pelo melhor desempenho em nossa U.E.

Iniciamos com a leitura do texto "Como tem que ser" de Martha Medeiros que aborda a necessidade de compromisso e leveza com as tarefas cotidinas.

Conversamos sobre o nosso PPP e a forma dialógica como está estruturado, ressaltando a importância de TODOS para que este seja um documento vivo e norteador de nossas práticas e vivências.

Propusemos uma dinâmica de reflexão a partir do texto "O voo dos gansos", exaltando a necessidade de espírito de equipe em nossa escola.

Retomamos as leis estabelecidas que regem nossa carreira e encerramos com a frase do professor Karnal: "A cabeça que encontra solução é a mesma que elabora o problema".






Angélica Oliveira