Partilhar

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

HUGO PAZ NO CIEJA

QUE HONRA RECEBER O POETA, AGITADOR CULTURA E ARTISTA HUGO PAZ NO CIEJA VILA MARIA/VILA GUILHERME NA ÚLTIMA SEGUNDA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2014

Hugo Paz prefere ter uma entrada forte, por essa razão, abrimos o dia realizando pequenas menções aos poetas Cuti e Solano Trindade, para somente após eles, chegarmos a Hugo Paz. Apresentamos alguns dos livros escritos por ele, lemos alguns de seus poemas e, finalmente Hugo sai do meio da plateia provocando um sentimento de "ele estava aqui no meio de nós". É sobre esse tema que Hugo fala, sobre a periferia, o povo, o não visualizado...
Hugo Paz conta como começou a escrever, como conseguiu publicar seus livros, como chegou ao programa de televisão "Provocações". Enfim, narra sua história (de luta) e fecha o ciclo (ainda aberto) com seus belos poemas de crítica, resistência, denúncia e encantamento social.

Houve dois momentos do Hugo no CIEJA. O primeiro foi no auditório. O segundo deu-se no pátio da escola uma vez que há vários alunos cadeirantes no segundo horário da manhã e temos o dever de proporcionar-lhes as atividades culturais ocorridas na unidade escolar.

Por enquanto ficam as boas lembranças do poeta Hugo Paz, especialmente porque ao final de suas falas houve uma sessão de autógrafos de seu mais novo livro, "Retratos de um cotidiano adormecido", editora Nelpa, e esperamos por mais momentos como esse.

PS: NO PRÓXIMO DIA 28 DE NOVEMBRO, O HUGO LANÇARÁ SEU ÚLTIMO LIVRO NA LIVRARIA MARTINS FONTES A PARTIR DAS 18:30. ALGUNS FUNCIONÁRIOS DO CIEJA ESTARÃO PRESENTES E CASO QUEIRAM IR CONOSCO PARA COMPRAR O LIVRO E PEDIR O AUTÓGRAFO DAREMOS MAIS DETALHES ATÉ O DIA 25 DE NOVEMBRO. 
























 















Marcos Eça

FILE 2014: NOSSA IDA...

No dia 03 de outubro, visitamos o Festival Internacional de Linguagem Eletrônica 2014 no SESI de São Paulo. Evento este que consolida arte e tecnologia. A mostra abrange projetos artísticos de diversos países. 
Realizamos o trajeto por meio de transporte público, importante aos nossos alunos com deficiência para a aprendizado de sua independência e autonomia. A exposição também foi agradável pelo fato de termos sido acompanhados de monitores que explicaram as novas formas de expressão artística, como também a interação de nossos alunos com as obras e games. Passeio produtivo!

















Professora Regina Dutra 
(Ciências da Natureza: Ciências e Matemática)